O Princípio Regulador do Culto

[Por: William S. Plumer]

“…Nós não estamos mais livres para sustentar opiniões desleixadas, ainda que populares ou plausíveis, tanto quanto não estamos para tolerar práticas negligentes, porque elas são comuns ou aceitáveis. Nós não temos mais o direito de modificar ou alterar os princípios da forma de governo da igreja, como apreendidos da revelação de Deus, tanto quanto não temos de mudar os objetos da adoração religiosa. A Bíblia nos diz quais elementos devem ser usados tanto no Batismo quanto na Ceia do Senhor. Ela declarou um dia em sete para ser um tempo santo, e todas as tentativas de introduzir mais dias santos na igreja, ou mais elementos nos sacramentos, são tão ofensivos a Deus como a própria adoração de ídolos.”…
___________________________________________________________________
William S. Plumer – The Law of God as Contained in the Ten Commandments, p.213 – (A Lei de Deus contida nos Dez Mandamentos)
Tradução – Joelson Galvão