Natal, uma superstição

NÃO TEMOS superstição alguma com relação a tempos e estações. Certamente não cremos no presente acordo eclesiástico chamado Natal. Primeiro, porque não acreditamos na missa de maneira alguma [Natal em Inglês é Christmas, ou seja, a missa de Cristo], mas a abominamos, seja ela feita em Latim ou em Inglês. E, em segundo lugar, porque não encontramos nenhuma autorização sequer da Escritura para observarmos qualquer dia como o dia do nascimento do Salvador, e, consequentemente, sua observação é uma superstição, porque não é de autoridade divina. A superstição fixou positivamente o dia do nascimento do Salvador, embora não haja possibilidade de se descobrir quando realmente aconteceu“…
___________________________________________________________________
Charles H. Spurgeon – Sermão (Joy Born at Bethlehem)
Fonte: Spurgeon.org
Tradução: Joelson Galvão