O primeiro trabalho de um pastor: cuidar de si mesmo

[Por: João Calvino]

Tem cuidado de ti mesmo e da doutrina. Persevera nestas coisas; porque, fazendo isto, te salvarás, tanto a ti mesmo como aos que te ouvem.” [1 Tm 4:16]

“…16. Tem cuidado de ti mesmo e do teu ensino. Um bom pastor deve ser criterioso acerca de duas coisas: ser diligente em seu ensino e conservar sua integridade pessoal.Não basta que ele amolde sua vida de acordo com o que é recomendável e tome cuidado para não dar mau exemplo, se não acrescentar à vida santa uma diligência contínua no ensino. E o ensino será de pouco valor se não houver uma correspondente retidão e santidade de vida. Por conseguinte, Paulo tem razões de sobra para intimar Timóteo a dar atenção tanto à sua pessoa em particular quanto à sua doutrinação para o proveito geral da Igreja. Uma vez mais, ele recomenda-lhe constância, para que jamais se prostre exausto, porque muitas coisas sucedem que podem desviar-nos da trajetória retilínea, se não estivermos solidamente firmados para suportá-las.

Porque, fazendo assim. O zelo dos pastores será profundamente solidificado quando forem informados de que tanto sua própria salvação quanto a de seu povo dependem de sua séria e solícita devoção ao seu ofício. Entretanto, visto que o ensino que contém sólida edificação geralmente não produz exibição bombástica, Paulo o adverte a preocupar- se com o que é proveitoso; como se quisesse dizer: ‘Os homens que buscam glória, então que se alimentem de sua própria ambição e se congratulem com sua própria engenhosidade; tu, porém, contenta-te em devotar-te exclusivamente à salvação de ti mesmo e de teu povo’.”…
___________________________________________________________________
João Calvino – Pastorais – Editora Fiel – p.123
Fonte: Voltemos ao Evangelho
Leia gratuitamente na Biblioteca João Calvino