1º desígnio de satanás para levar a alma a pecar

[Por: Thomas Brooks]

para que não sejamos vencidos por Satanás;
Porque não ignoramos os seus ardís.” [2 Coríntios 2:10-11]

“…1° Desígnio. Ele apresenta-nos a isca, e nos esconde o anzol.
O primeiro desígnio de satanás para levar a alma a pecar, é mostrar a isca e esconder o anzol, mostrar a taça de ouro e esconder o veneno. Por esse desígnio ele enganou nossos primeiros pais: “Disse a serpente à mulher: Certamente não morrereis. Porque Deus sabe que no dia em que comerdes desse fruto, vossos olhos se abrirão, e sereis como Deus, conhecendo o bem e o mal” (Gn 3:4-5). Seus olhos serão abertos e serão como Deus. Aqui está a isca, o agradável, o doce, o lucro. Oh – mas ele escondeu o anzol – a vergonha, a ira, as perdas que certamente virão!

1° Remédio. Manter a maior distância do pecado, e de brincar com o anzol dourado pelo qual satanás quer fisgar você.
Por isso nós temos “ Aborrecei o mal e apegai-vos ao bem” (Rm 12:9). Quando nos encontramos com algo extremamente mal e contrário a nós, naturalmente nós aborrecemos isso, e nos afastamos o máximo que podemos. A palavra grega para aborrecer significa odiar como o próprio inferno, odiar com horror.

Anselmo costumava dizer que “se ele pudesse ver a vergonha do pecado numa mão, e as dores do inferno em outra, e se tivesse necessariamente que escolhe uma das duas, ele iria preferir ser jogado no inferno sem pecado, do que ir para o céu com pecado”,

2° Remédio. Considerar que o pecado não passa de um “doce veneno”.
Ainda que o mal lhe seja doce na boca, ainda que ele o esconda debaixo da sua língua, ainda que não o queira largar, antes o retenha na sua boca, contudo a sua comida se transforma nas suas entranhas; dentro dele se torna em fel de áspides” (Jó 20:12-14).

3° Remédio. Considerar, solenemente, que o pecado irá inaugurar as maiores perdas e tristezas da nossa alma.
Iremos perder o favor divino que é melhor do que a vida, a alegria indizível e cheia de glória, a paz que excede todo entendimento, e perderemos as divinas influencias que refrescam, animam levantam, fortalecem e alegram nossa alma, e muito mais.

4° Remédio. Considerar que o pecado tem uma natureza muito enganosa e sedutora.
Antes exortai-vos uns aos outros todos os dias, durante o tempo que se chama Hoje, para que nenhum de vós se endureça pelo engano do pecado” (Hb 3:13).”…
___________________________________________________________________
Thomas Brooks – Precious Remedies Against Satan’s Devices
Fonte – Herança Puritana