8º desígnio de satanás para levar a alma a pecar

[Por: Thomas Brooks]

para que não sejamos vencidos por Satanás;
Porque não ignoramos os seus ardís.” [2 Coríntios 2:10-11]

“…1° Desígnio. Apresentando à alma as misericórdias externas que os homens vãos desfrutam, e as misérias externas que eles estão livres, enquanto eles tem andado no caminho do pecado.
Diz satanás, você vê, oh alma, tantas benção que esse e aquele desfrutam, que andam naqueles caminhos que a sua alma se espanta só em pensar, e as muitas “cruzes” que eles são livres. E portanto, diz satanás, se você quer ser livre das noites negras da adversidade, e desfrutar da luz da prosperidade, você deve andar nesses caminhos.

Jr 44:16-18Quanto à palavra que nos anunciaste em nome do SENHOR, não te obedeceremos a ti, antes, certamente, toda a palavra que saiu da nossa boca, isto é, queimaremos incenso à Rainha dos Céus e lhe ofereceremos libações, como nós, nossos pais, nossos reis e nossos príncipes temos feito, nas cidades de Judá e nas ruas de Jerusalém; tínhamos fartura de pão, prosperávamos e não víamos mal algum. Mas, desde que cessamos de queimar incenso à Rainha dos Céus e de lhe oferecer libações, tivemos falta de tudo e fomos consumidos pela espada e pela fome.”

1° Remédio.Considerar que nenhum homem conhece como o coração de Deus está para com uma pessoa, pelas bênçãos externas dessa pessoa.
Sua mão de misericórdia pode estar sobre um homem quando Seu coração está contra ele, como podemos ver em Saul e outros. E as mãos de Deus pode estar contra um homem, quando Seu coração está a favor dele, como vemos em Jó e em Efraim.
Cícero julgava que a religião judaica era nada, porque eles sempre derrotados, empobrecidos e afligidos; e que a religião de Roma era a correta, porque Roma prosperava e dominava o mundo; e ainda, Roma tinha as mãos de Deus, enquanto os judeus tinham o coração de Deus, e eles eram amados, através das severas aflições.

2° Remédio. Considerar seriamente que, não há nada no mundo que provoca a ira e a indignação de Deus, do que um homem se encorajar na bondade e misericórdia de Deus – para proceder impiamente (Jr 44:20-28).
Argui com a misericórdia de Deus para pecar deliberadamente é a lógica do diabo, é a maldade em seu cume um homem ser muito mal porque Deus é muito bom.

3° Remédio. Considerar que, não há miséria maior nessa vida, do que não estar na miséria, e não há maior aflição, do que não ser afligido.
Ai, ai daquela alma que Deus não corrige, é o maior golpe de todos, quando Deus se nega a golpear-nos! Os 4:17Efraim está entregue aos ídolos, é deixá-lo”. Is 1:5Porque haveis ainda de ser feridos, visto que continuais em rebeldia?“.

4° Remédio. Considerar que, a necessidade do homem ímpio, comparado com todas as suas misericórdias externas e das libertações das adversidades, é muito maior do que todos os seus aproveitamentos externos.
O que o homem é de fato, ele o é na tentação. Os homens estão cheios de corrupção, apenas não demonstram por falta de ocasiões.
As misericórdias que eles aproveitam são como um nada em comparação com as misericórdias que eles precisam. Eles precisam da salvação, de Cristo, do Espírito, das promessas, da aliança da graça e da glória eterna. Eles precisam do perdão dos pecados, do poder contra os pecados e da libertação do domínio do pecado.

5° Remédio. Considerar que as coisas externas não são como são vistas e estimadas.
Elas são de fato, externamente gloriosas, mas se você ver elas por dentro, irá encontrar facilmente que elas enchem a cabeça de preocupações e o coração de temores.

6° Remédio. Devemos considerar o fim e o desígnio de Deus em amontoar misericórdias sobre a cabeça dos ímpios, e em dar a eles descanso e quietude daquelas tristezas e sofrimentos que os outros sofrem.
Sl 73:16-20Em só refletir para compreender isso, achei mui pesada tarefa para mim; até que entrei no santuário de Deus e atinei com o fim deles. Tu certamente os pões em lugares escorregadios e os fazes cair na destruição. Como ficam de súbito assolados, totalmente aniquilados de terror! Como ao sonho, quando se acorda, assim, ó Senhor, ao despertares, desprezarás a imagem deles”, Sl 92:7ainda que os ímpios brotam como a erva, e florescem todos os que praticam a iniquidade, nada obstante, serão destruídos para sempre”.

7° Remédio. Considerar que normalmente Deus mais puni e atormenta aqueles que os outros pensam que Ele mais ama e liberta.
Isso é, Deus mais puni e atormenta com julgamentos espirituais, que são os maiores, mais tristes e mais pesados, aqueles que ele menos puni com julgamentos temporais (Sl 81:12, 78:26-31, 106:15).

8° Remédio. Se demorar mais sobre a rigorosa conta que os homens vãos devem prestar de todo o bem que eles desfrutaram.
O coração e os lábios deles irás tremer, suas almas irão gemer e chorar, e eles irão dizer: ‘Oh, que as nossas misericórdias tivessem sido menores, e talvez nosso prestar de contas iria ser menor, e nossos tormentos e misérias, por abusar de tão grande graça, não seriam tão grandes, ah, maldito o dia que um a coroa de honra foi posta em minha cabeça, e os tesouros desse mundo foram colocados em nossos cofres!‘”…
___________________________________________________________________
Thomas Brooks – Precious Remedies Against Satan’s Devices
Fonte – Herança Puritana