As promessas de Deus apontam para Cristo

.
“…3. Em terceiro lugar, a pessoa de Cristo, e não meramente as promessas de perdão, devem ser o objeto da fé. Há muitas pobres almas humilhadas pelo pecado, e arrancadas de seu próprio fundamento, como a pomba de Noé que não tinha onde pousar, eles voam sobre toda a palavra de Deus, para espiar o que eles podem usar para firmar o pé em cima, e achar nela muitas promessas livres e graciosas, para obter o perdão de pecados e justificação, eles imediatamente as agarram e descansam sobre elas apenas, não procurando estar em comunhão com Cristo naquelas promessas. O que é um erro comum entre as pessoas, e é como se a pomba de Noé devesse repousar do lado de fora da arca, e não vir ter com Noé no interior da arca, onde ela poderia descansar, mas se ela ficasse do lado de fora, enfrentando todas as tempestades, certamente teria morrido lá no final.
.
Mas podemos observar que a primeira promessa que foi dada, não foi uma palavra apenas prometendo perdão, ou outros benefícios que Deus iria conceder, mas foi uma promessa da própria pessoa de Cristo como vencedor de Satanás, e para comprar aqueles benefícios como a semente da mulher que deve esmagar a cabeça da serpente. Então, quando a promessa foi renovada com Abraão, não foi uma promessa de bênção e perdão, mas daquela semente, isto é, Cristo (como se vê em Gálatas 3:16), em quem essa bênção foi cumprida. Em tua semente todas as nações da terra serão abençoadas. Assim que a fé de Abraão primeiro foi selada com Cristo na promessa, e, portanto, se diz ter ele visto o dia de Cristo e ter se regozijado em abraçá-lo. E assim todos os patriarcas sucessivos (que eram crentes) se, mais ou menos, em seus tipos e devoções, como aparece em 1 Coríntios 10:1,2. E, se eles o fizeram, muito mais nós, que devemos, portanto, olhar para Cristo, para Aquele que agora existe em nosso relacionamento, não somente em promessas, mas tendo realmente encarnado, e que agora se encontra no céu. Assim, todas as promessas, como a de perdão, etc, são ratificadas e confirmadas Nele.”…
___________________________________________________________________
Thomas Goodwin – The Works of Thomas Goodwin, Volume 4 (Christ Set Forth)
Tradução: Silvio Dutra