Os Efeitos do Avivamento

[Por: Robert Murray M’Cheyne]

Não tornarás a vivificar-nos, para que o teu povo se alegre em ti?” (Salmo 85:6)

“…Os filhos de Deus regozijam-se nEle – Eles se alegram em Jesus Cristo. A alegria mais pura no mundo é a alegria em Cristo Jesus. Quando o Espírito é derramado, Seu povo se aproxima muito dEle e tem uma clara visão do Senhor Jesus. Eles comem Sua carne e bebem Seu sangue. Eles tem um apego pessoal ao Senhor. Eles provam que o Senhor é gracioso. Seu sangue e justiça se mostram infinitamente perfeitos, suficientes e libertadores para suas almas. Eles sentam sob Sua sombra com grande deleite. Eles descansam na Rocha. A defesa deles é a munição proveniente da Rocha. Eles repousam no Amado. Nele, eles encontram força infinita para suas almas; graça sobre graça, tudo que precisam em toda e qualquer hora de provação e sofrimento.

Então, vão através dEle, até o Pai. Nós nos alegramos em Deus, através do nosso Senhor Jesus Cristo. Nós encontramos uma porção lá, um escudo e uma grande recompensa. Isto nos concede uma alegria indizível e cheia de glória. Deus gosta de ver Seus filhos se alegrarem nEle. Ele se agrada em ver que toda nossa fonte provêm dEle. Então peçam-lhe isto. Orem para que Ele dê água ao sedento. Coloquem diante dEle todas as suas tristezas, alegrias, preocupações, consolos. Tudo deve ser falado para Ele.

Muitos unem-se a Cristo – “Quem são estes que vêm voando como nuvens, e como pombas às suas janelas?” (Is 60:8). “E a Ele se congregarão os povos“(Gn 49:10). Assim como todas as criaturas vieram para dentro da arca, assim também pobres pecadores vem em tempos como este. “Lançando de si a capa” (Mc 10:50), suas aflições, eles procuram refúgio na arca Jesus. Ó, não há visão mais bela em todo o mundo.

Almas são salvas – “Não é este um tição tirado do fogo?” (Zc 3:2). “… Não entrará em condenação, mas passou da morte para a vida.” (Jo 5:24).

Deus é glorificado – “Aquele que aceitou o Seu testemunho (de Cristo), esse confirmou que Deus é verdadeiro.” (Jo 3:33). Ele confessa a santidade de Deus, Seu amor e graça. Sua boca se enche de louvor. “Bendize, ó minha alma, ao Senhor” (Sl 103:1). Ele anela pela imagem de Deus., em confessá-lO diante dos homens, andar em Seus caminhos. Isto nos concede alegria no céu e alegria na terra. Ó, ore para que venham tempos como este.

Há um Novo Despertamento Naqueles que se Afastaram – Se não tivermos tempos de derramamento do Espírito, muitos que antes buscavam a Cristo, mas voltaram atrás, perecerão de maneira terrível, porque eles se tomam piores do que eram antes. Algumas vezes, eles escarnecem e zombam de tudo isto. Satanás é o pior de todos, pois ele já foi um anjo, uma vez Assim também os que voltam atrás, tornam-se piores do que eram. Eles geralmente penetram mais profundamente na lama de pecados. Mas se Deus, graciosamente, derrama Seu Espírito, o coração endurecido se enternece. Ore por isso.

Pecadores são despertados – É triste quando pecadores são audaciosos em seus pecados, quando multidões abertamente não guardam o dia do Senhor e abertamente freqüentam as tavernas. É um pecado horrível quando pecadores vivem em pecado e até sentam imóveis sob a pregação da Palavra, sem medo, e se opõem a orar diante de Deus. Mas se o Senhor se agradasse em reavivar-nos, este estado de coisas mudaria.

Estou certo de que seria uma visão fascinante vê-los indo acompanhados à casa de oração, ao invés de ir às tavernas ou antros de pecado e vergonha, que trarão ruína eterna as suas pobres almas. Seria doce ouvir o clamor das orações nos seus aposentos, ao invés de ouvir os sons de zombarias profanas, discursos duros e reprovações aos filhos de Deus. Muito melhor ver seus corações suspirando por Cristo, Seu perdão, Sua santidade, Sua glória, do que vê-los voltando-se para o mundo e seus ídolos vãos.

Ó, ergam seus corações ao Senhor por tempos como este. Peçam fervorosamente pela promessa, “… Derramarei o meu Espírito sobre toda a carne” (Jl 2:28). Então, este deserto se transformará em um campo frutífero e seu nome será Jeová-Shammah, o Senhor está aqui.”
___________________________________________________________________
Robert Murray M’Cheyne – The Cry for Revival
Tradução parcial – Monergismo
Outras obras AQUI.