A União entre o Cristão e Cristo

[Por: Matthew Henry]

Tendo ido os servos de Davi a Abigail, no Carmelo, lhe disseram: Davi nos mandou a ti, para te levar por sua mulher. Então, ela se levantou, e se inclinou com o rosto em terra, e disse: Eis que a tua serva é criada para lavar os pés aos criados de meu senhor. Abigail se apressou e, dispondo-se, cavalgou um jumento com as cinco moças que a assistiam; e ela seguiu os mensageiros de Davi, que a recebeu por mulher.” [1 Samuel 25:40-42]

“…Abigail recebeu o convite de casamento de Davi com grande modéstia e humildade, julgando-se indigna da honra e tendo tamanho respeito por ele que ela, de bom grado, seria uma das mais humildes servas de sua família, lavando os pés dos demais servos. Ninguém é tão desejável como aqueles que são capazes de humilhar a si mesmos. Ela concordou com a proposta, foi com seu mensageiro, levou uma comitiva consigo compatível com suas qualidades e se tornou sua esposa. Ela não o criticou por seus infortúnios presentes e não perguntou a ele como ele poderia sustentá-la, mas o valorizou. Primeiro, porque ela sabia que ele era um homem muito bom. Segundo, porque ela acreditava que ele iria, em tempo próprio, tornar-se um homem muitíssimo bom. Ela se casou com ele em fé tendo certeza de que, ainda que ele não possuísse uma casa à qual ele a pudesse levar, a promessa de Deus para ele seria um dia cumprida. Da mesma forma, aqueles que se unem a Cristo devem estar dispostos a sofrer com Ele no presente, acreditando que, no futuro, reinarão com Ele.”…
___________________________________________________________________
Matthew Henry – Comentário sobre 1 Samuel
Fonte: Vítor Augusto Olivier (Facebook)