O abandono do Culto Verdadeiro

[Por: John Knox]

“…As dez tribos haviam se degenerado, abandonando o culto verdadeiro e haviam se corrompido com a idolatria, como nos dias atuais fazem os repudiáveis papistas em todos os domínios e nações. Apenas restou Judá e Jerusalém, onde a forma da religião verdadeira era observada, a lei era ensinada e as ordenanças de Deus eram visivelmente mantidas. Mas, havia naquele corpo (quero dizer, no seio da Igreja visível) um grande número de hipócritas, como nos dias atuais ainda vemos entre nós, que professamos crer no Senhor Jesus e que temos recusado o papismo; não poucos dissolutos libertinos; alguns que tinham dado as costas a Deus, isto é, tinham abandonado completamente a religião verdadeira; e alguns que viviam uma vida sumamente abominável, como diz Ezequiel em sua visão (Ez 8). E, contudo, havia alguns que temiam a Deus, como um pouco de trigo espremido e oculto no meio de incontável palha. Ora, em vista dessa diversidade, o profeta mantém diversos propósitos e, todavia, na mais perfeita ordem.”…
___________________________________________________________________
John KnoxAos Inimigos da Verdade. São Paulo: PES, 2013. p. 27.